SAAE registra queda de 52% nas reclamações sobre contas em relação a dezembro do ano passado

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Guarulhos registra neste mês de dezembro uma média de 3,7 reclamações por dia, referentes a problemas relacionados a atrasos na emissão de contas e na leitura de hidrômetros. No mesmo mês do ano passado, os serviços de atendimento ao consumidor da autarquia registraram média de 7,2 questionamentos diários. A queda foi de 52%.

Os números apurados neste último mês do ano demonstram que o SAAE conseguiu resolver os problemas, que atingiram seu ápice nos meses de agosto e setembro. No oitavo mês do ano foram registradas 1.246 reclamações, uma média pouco superior a 40 por dia. Já setembro marcou o pico de ligações, com 1.781, ou 59,3 ao dia em média. Neste período, a pequena quantidade de leituristas nas ruas afetou a entrega de contas de água em dia.

As soluções tiveram início com a contratação de uma nova empresa terceirizada, que levou a campo mais 55 profissionais, além dos 25 que o SAAE já possuía. Em dezembro, até o dia 18, foram registradas apenas 67 reclamações.

O SAAE apurou ainda diminuição no registro de códigos de impedimento. Em julho deste ano, 51,5% das leituras não puderam ser realizadas pelos mais diversos motivos e as contas foram emitidas pela média. Em dezembro, contudo, apenas 6% das leituras não foram realizadas, metade do registrado no mesmo período de 2016.

“Nossa exigência com a empresa terceirizada é muito grande. Buscamos a maior excelência possível no serviço e, conforme mostram os números, temos tido muito menos problemas e registrado poucos impedimentos na leitura, o que impacta diretamente na diminuição expressiva na quantidade de reclamações”, explica o superintendente do SAAE, Francisco Carone.