Sistema de esgoto

Esgoto Condominial

O Departamento de Projetos e Obras (DPO) executou o esgoto condominial em diversos bairros do município, totalizando 44.510 metros de rede desde 2001, atendendo 6.978 moradias. O condominial é um sistema alternativo de coleta de esgoto sanitário que utiliza ramais condominiais interligados ao coletor principal, instalado na via pública. No sistema convencional, as ligações dos imóveis lançam o esgoto diretamente no coletor. Pelo sistema condominial, as obras podem ser executadas em regime de mutirão pela comunidade.

SAAE realiza obras do Programa de Tratamento de Esgoto de Guarulhos

Acompanhe as intervenções do Programa de Tratamento de Esgoto em cada região:

Cabuçu – No Cabuçu foram implantados, aproximadamente, 7,37 quilômetros de rede (concluídas em 2008), além de três estações elevatórias (concluídas em 2010). Para colocar o sistema em operação, é necessário implantar coletores-tronco e linhas de recalque (3,8 quilômetros) e a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Cabuçu.

Plano Diretor define intervenções

Todos os projetos de Guarulhos para tratamento de esgoto foram executados com base no Plano Diretor do Sistema de Esgotamento Sanitário (PDSE). Estudo concebido pelo Saae entre 2003 e 2004, o PDSE avaliou alternativas e indicou os recursos necessários para a coleta, o afastamento e o tratamento dos esgotos gerados na cidade. O estudo considera o crescimento urbano até 2028. Veja como foi dimensionado o projeto:

Divulgar conteúdo